Criolipólise

É um procedimento não invasivo que tem como objetivo reduzir a gordura localizada, isto é, aquela que se concentra em certas áreas do corpo e da qual é muito difícil de se livrar mesmo com uma dieta adequada e a prática de exercícios, como o famoso “pneuzinho”. A técnica envolve a colocação de uma máquina que funciona com o uso de uma ponteira similar a um aspirador, que suga a gordura superficial através da criação do vácuo e a submete a baixas temperaturas. A baixa temperatura afeta as células de gordura, causando sua morte e posterior absorção e eliminação, sem que ela seja metabolizada pelo fígado e outras regiões.
Cada sessão dura em torno de uma hora e, por não ser invasivo, permite que o paciente volte às suas atividades normais no mesmo dia. As sessões devem ter um intervalo de pelo menos 3 meses entre si, podendo ser realizado com segurança em até 4 regiões ao mesmo tempo. Pode ser feita no contorno corporal, abdômen, costas, flancos, coxas, glúteos, braços e joelhos e tem se mostrado um procedimento efetivo no cumprimento do seu propósito. Entretanto, a obtenção de bons resultados depende também
de fatores comportamentais do paciente. Se a pessoa que se submeteu a técnica não seguir as recomendações pós- criolipólise, o procedimento não vai demonstrar resultados tão satisfatórios.
Também é importante lembrar que, apesar do que muitas pessoas dizem, os resultados não aparecem após apenas uma sessão. Na maior parte das vezes, são necessárias várias sessões para a redução efetiva da gordura localizada. Ainda que traga riscos, é um procedimento seguro e eficaz, chegando a eliminar
de 20 a 30% da gordura localizada.